Programação

  • Nome do curso

    Itinerários terapêuticos, cuidado e cultura

    1ª edição


    Apresentação

    O curso Itinerários terapêuticos, cuidado e cultura consiste em uma ferramenta pedagógica que busca dar visibilidade para o potencial dos itinerários terapêuticos enquanto dispositivo de compreensão dos processos sociais que envolvem o cuidado e o adoecimento. Por meio de reflexões sobre as dimensões existentes nos itinerários terapêuticos temos a possibilidade de aprofundar a compreensão sobre as influências, as diversidades e as estratégias de enfrentamento construídas na busca e na definição de cuidado. O curso introduz assim os itinerários terapêuticos enquanto dispositivo revelador da cultura do cuidado e do cuidado na cultura.

    O tema dos itinerários terapêuticos não é novidade no campo da saúde em geral, e da Saúde Coletiva, em particular, onde há mais de duas décadas, ele vem sendo utilizado como constructo teórico-metodológico em investigações sobre doenças, sofrimentos, aflições e perturbações de pessoas em situações concretas de adoecimento. A proposta desse curso busca ampliar sua compreensão e visibilidade na produção de conhecimento (na formação, na pesquisa), na atuação profissional (na atenção e na gestão em saúde), sobre a mais intensa experiência humana que é o adoecer. A abordagem dos itinerários terapêuticos oferece visibilidade para a pluralidade de saberes, práticas e demandas por cuidado no campo da saúde, que operam na reafirmação do direito à saúde e dos princípios e diretrizes do SUS.

    Desta forma, o curso busca contribuir com reflexões, resultantes de esforços de pesquisas realizadas nos últimos anos sobre o tema, que possam subsidiar o enfrentamento dos desafios profissionais cotidianos, seja na atenção e na gestão em saúde, seja na formação. Esse esforço se fundamenta no potencial de evidenciar o cuidado nas suas diferentes formas e sistemas, retratando a multiplicidade da constituição, qualidade dos vínculos e potenciais cuidativos, bem como de tensionar práticas/noções construídas no campo da Saúde sobre experiências de adoecimento, redes de apoio, acesso, adesão e escolhas terapêuticas, dentre outras, por meio de estudos de situações concretas que possam se aproximar do cuidado e da integralidade em saúde.

    Ao introduzir o tema dos Itinerários terapêuticos a partir do olhar antropológico e suas bases teórico-conceituais e metodológicas para compreender as experiências de pessoas e famílias em seus modos de significar e produzir cuidados, o curso está organizado em 3 módulos:

    O Módulo 1 - Iniciando a conversa sobre os itinerários terapêuticos, tem por objetivo revisitar noções e conceitos importantes e centrais para as reflexões, análises e ações em saúde: cuidado, linhas de cuidado, trajetórias assistenciais e a própria noção de itinerários terapêuticos.

    No Módulo 2. Itinerário Terapêutico: dispositivo revelador da cultura do cuidado, a proposta é conversar sobre as relações entre cuidado e cultura e de como o itinerário terapêutico, na sua essência, possibilita revelar as diversidades humanas e o pluralismo terapêutico.

    O Módulo 3. O cuidado na cultura: etnografando itinerários terapêuticos apresenta, em vídeo-animação, uma história real, a história de Dona Diva, adaptada pedagogicamente para a compreensão de um itinerário terapêutico etnografado que exemplifica concepções e práticas de cuidado, o cuidado em relação e em suas múltiplas dimensões.

    A organização do curso, inicialmente mais teórica, finaliza com elementos empíricos de utilização dessa ferramenta, proporcionando a exploração dos conteúdos abordados através de situações concretas. Ao longo do curso, os conteúdos procuram explorar as diferentes lógicas de usuários, profissionais e gestores em saúde, e os entrelaçamentos entre as diferentes dimensões da realidade, entre os diferentes atores sociais e questiona o cursista sobre suas próprias lógicas, concepções e práticas na produção do cuidado.

    Atenção! Este curso não possui tutoria, nem professor.

    Atenção: este é um curso de curta duração. Inscrever-se neste curso não significa que o cursista passe a estar ligado a qualquer curso de graduação ou pós graduação da UFRGS, tampouco usufruir de direitos de alunos regularmente matriculados na UFRGS. Os alunos da UFRGS devem consultar os professores para saber se este curso dá direito a créditos complementares ou se ele faz parte de atividades de ensino, pesquisa e/ou extensão.